Banco de dados de questões sobre Imunologia
questões de vestibulares
|

 

Questões Imunologia

REF. Pergunta/Resposta
origem:Fuvest
tópico:
Biologia

sub-grupo:Imunologia

pergunta:A alergia é uma hipersensibilidade desenvolvida em relação a determinadas substâncias, os alergênicos, que são reconhecidas por um tipo especial de anticorpo. A reação alérgica ocorre quando as moléculas do alergênico
a) ligam-se a moléculas do anticorpo presas à membrana dos mastócitos, que reagem liberando histaminas.
b) desencadeiam, nos gânglios linfáticos, uma grande proliferação de linfócitos específicos.
c) são reconhecidas pelas células de memória, que se reproduzem e fabricam grande quantidade de histaminas.
d) ligam-se aos anticorpos e migram para os órgãos imunitários primários onde são destruídas.
e) são fagocitadas pelos mastócitos e estimulam a fabricação das interleucinas.

resposta:[A]

origem:Unirio
tópico:
Biologia

sub-grupo:Imunologia

pergunta:A partir do recente surto de sarampo na cidade do Rio de Janeiro, o governo decidiu iniciar uma campanha de imunização das crianças. A imunização contra diversos tipos de doenças é atingida através de vacinação, que consiste em injetar no organismo:
a) o soro obtido através do sangue de animais criados em laboratório, como macacos, onde recebem grande quantidade de antígenos e anticorpos específicos.
b) o plasma retirado de pessoas que já tiveram a doença, para que o organismo produza antígenos e anticorpos específicos.
c) um agente químico eficaz no combate à doença já instalada e que produza no corpo uma reação para a fabricação de anticorpos específicos.
d) vírus ou bactérias mortos ou atenuados que, reconhecidos pelo organismo como antígenos, induzem a produção de anticorpos específicos.
e) vírus ou bactérias vivos, em quantidade pequena, para provocar a doença de forma branda, pois o corpo imunizado produzirá anticorpos específicos.

resposta:[D]

origem:Enem
tópico:
Biologia

sub-grupo:Imunologia

pergunta:A variação da quantidade de anticorpos específicos foi medida por meio de uma experiência controlada, em duas crianças durante um certo período de tempo. Para a imunização de cada uma das crianças foram utilizados dois procedimentos diferentes:

Criança I: aplicação de soro imune
Criança II: vacinação.

O gráfico que melhor representa as taxas de variação da quantidade de anticorpos nas crianças I e II é:

resposta:[B]

origem:Ufrn
tópico:
Biologia

sub-grupo:Imunologia

pergunta:Duas crianças foram levadas a um posto de saúde: uma delas, para se prevenir contra poliomielite; a outra, para atendimento, em virtude de uma picada de serpente peçonhenta.
Indique o que deve ser aplicado em cada criança, RESPECTIVAMENTE.
a) vacina (porque contém antígenos) e soro (porque contém anticorpos)
b) soro (porque contém antígenos) e vacina (porque contém anticorpos)
c) vacina (porque contém anticorpos) e soro (porque contém antígenos)
d) soro (porque contém anticorpos) e vacina (porque contém antígenos)


resposta:[A]

origem:Unirio
tópico:
Biologia

sub-grupo:Imunologia

pergunta:Procurando compreender a importância de determinadas células sangüíneas para o sistema imunológico, foi feito o seguinte experimento:





Com base no exposto, responda às perguntas a seguir.

a) Que tipo específico de célula sangüínea foi afetada pela irradiação?

b) Que tipo de molécula essa célula do sangue passa a produzir quando estimulada pela proteína estranha?

c) A introdução de moléculas estranhas ao organismo com o objetivo de provocar uma resposta imune é um método bastante usado na prevenção de determinadas doenças. Qual o nome que se dá a esse método profilático?

resposta:a) Linfócito.
b) Anticorpo; imunoglobulina (qualquer um deles).
c) Vacinação.

origem:Unesp
tópico:
Biologia

sub-grupo:Imunologia

pergunta:O gráfico a seguir mostra as respostas primária e secundária da produção de anticorpos quando um indivíduo é submetido a injeções de antígenos.




Analisando o gráfico, responda:
a) Qual a função do antígeno e qual curva corresponde às respostas primária e secundária?
b) Explique o que acontece em relação aos anticorpos nas fases das respostas primária e secundária.

resposta:a) O antígeno introduzido através da vacinação induz o organismo a produzir ativamente anticorpos específicos. A curva correspondente às respostas primária e secundária é a indicada pela letra A.

b) N resposta primária o número de anticorpos aumenta pouco e diminui rapidamente. Na resposta secundária o número de anticorpos circulantes aumenta muito rapidamente, declinando lentamente.

origem:Ufes
tópico:
Biologia

sub-grupo:Imunologia

pergunta:Um novo tipo de tratamento da AIDS começou a ser testado no Brasil e consiste em transmitir anticorpos anti-HIV, contidos no plasma de pessoas contaminadas há muitos anos, mas sem os sintomas da doença, para pessoas aidéticas sintomáticas. Tal tratamento, cuja intenção é fortalecer a defesa desses indivíduos, denomina-se
a) imunoterapia ativa.
b) imunoterapia passiva.
c) profilaxia.
d) quimioterapia.
e) vacinoterapia.

resposta:[B]

origem:Ufrj
tópico:
Biologia

sub-grupo:Imunologia

pergunta:No caso de algumas doenças infecciosas, pode-se considerar que toda a população está protegida se uma alta proporção dos indivíduos estiver imunizada. Tal fenômeno é denominado imunidade de grupo.
a) Explique por que a imunidade de grupo é eficiente no controle de doenças como a gripe.
b) Explique por que a imunidade de grupo não é eficiente no controle de doenças como, por exemplo, o cólera e a hepatite.

resposta:a) Como nessa população existem muitos indivíduos imunizados, sem a doença, a probabilidade de contágio de pessoa a pessoa é muito baixa.
b) O cólera e a hepatite são transmitidos pela água, uma fonte comum consumida por toda a população. Assim, a maioria dos indivíduos estaria exposta ao agente infeccioso.

origem:Unicamp
tópico:
Biologia

sub-grupo:Imunologia

pergunta:Os médicos verificam se os gânglios linfáticos estão inchados e doloridos para avaliar se o paciente apresenta algum processo infeccioso. O sistema imunitário, que atua no combate a infecções, é constituído por diferentes tipos de glóbulos brancos e pelos órgãos responsáveis pela produção e maturação desses glóbulos.

a) Explique como macrófagos, linfócitos T e linfócitos B atuam no sistema imunitário.

b) Explique que mecanismos induzem a proliferação de linfócitos nos gânglios linfáticos.

resposta:a) Macrófagos são células fagocitárias. Linfócitos T reconhecem os antígenos "apresentados" pelos macrófagos e mediam a resposta imunológica através da liberação de linfocinas. Linfócitos B, ativados pelos linfócitos T, se dividem originando os plasmócitos produtores de anticorpos específicos.

b) A passagem e contato dos agentes infecciosos com os linfócitos presentes nos gânglios linfáticos induz a proliferação destes glóbulos brancos.

origem:Unicamp
tópico:
Biologia

sub-grupo:Imunologia

pergunta:Jararaca, cascavel, coral e urutu são exemplos de cobras venenosas que ocorrem no Brasil. Se picada por uma delas, a vítima deve ser tratada com soro antiofídico. O soro antiofídico poderia ser denominado vacina antiofídica? Explique.

resposta:Não. O soro contém anticorpos prontos para uso terapêutico e a vacina é profilática e contém antígenos que estimulam o organismo a produzir ativamente anticorpos.

origem:outros
tópico:
Biologia

sub-grupo:Imunologia

pergunta:Explique o que é uma vacina e como funciona.

resposta:Substância que contém formas mortas ou enfraquecidas de agentes infecciosos. Antígenos que são injetados no organismo e servem para estimular o sistema imunológico a produzir ativamente anticorpos específicos.

origem:Cesgranrio
tópico:
Biologia

sub-grupo:Imunologia

pergunta:Um organismo recebeu uma primeira dose de um antígeno X e, como resposta imune, produziu anticorpos específicos.
Se, após algum tempo, for aplicada uma segunda dose do mesmo antígeno, espera-se que o organismo:
a) reaja da mesma forma como reagiu à primeira dose.
b) reaja sem utilizar seus anticorpos.
c) não produza mais anticorpos, por estar imunizado.
d) não consiga reagir a essa segunda dose.
e) produza anticorpos mais rapidamente.

resposta:[E]

 
celula virtual - para ensino medio




anatomia sistema linfatico