Banco de dados de questões do vestibular
questões de vestibulares
|
 

Questões Ufjf

REF. Pergunta/Resposta
origem:Ufjf-2007
tópico:
Biologia (não classificadas)

sub-grupo:

pergunta:O vermelho de cresol (VC) é um indicador de pH (padrão) que, em meio ácido, se apresenta amarelo e, em meio básico, com coloração rósea. Observe o esquema e os resultados do experimento apresentados a seguir, envolvendo o processo da respiração.




Legenda
Tubo 1: Padrão sem amostras.
Tubo 2: Padrão + sementes de feijão germinando.
Tubo 3: Padrão + solução de levedo (fermento) + açúcar.
Tubo 4: Padrão + solução de levedo (fermento) + adoçante dietético.
Tubo 5: Padrão + solução fervida de levedo.

Resultados após 1 h
Tubo 1: Solução de VC com coloração rósea.
Tubo 2: Solução de VC com coloração levemente amarela.
Tubo 3: Solução de VC com coloração muito amarela.
Tubo 4: Solução de VC com coloração rósea.
Tubo 5: Solução de VC com coloração rósea.

Em um ambiente fechado, o CO‚ produzido pela respiração do levedo e das sementes acidifica a solução de vermelho de cresol (VC), conforme a seguinte equação:

CO‚ + H‚O ë H‚COƒ ë HCOƒ­ + H®

a) Considerando as informações fornecidas e os seus conhecimentos relacionados à respiração aeróbia e anaeróbia, explique a causa das diferenças observadas na coloração da solução de vermelho de cresol (VC) dos tubos 2 e 3.
b) Explique porque a coloração da solução de vermelho de cresol (VC), observada nos tubos 4 e 5, foi diferente da observada no tubo 3?

resposta:a) Espera-se que o aluno ressalte que a respiração aeróbia apresenta maior eficiência energética (produção de ATP) que a respiração anaeróbia (fermentação), o que tem como conseqüência um menor consumo de substrato e, portanto, uma menor produção de CO‚, levando a uma menor acidificação da solução indicadora (vermelho de cresol).

b) TUBO 4: Espera-se que o aluno reconheça que o adoçante dietético não é substrato respiratório. Portanto, a fermentação do levedo não é estimulada, não ocorrendo liberação de CO‚.

TUBO 5:Espera-se que o aluno reconheça que a fervura da solução resulta na morte dos microorganismos (levedo), impossibilitando a ocorrência do processo fermentativo.

origem:Ufjf-2007
tópico:
Biologia (não classificadas)

sub-grupo:

pergunta:O desenvolvimento de projetos que visam reduzir a progressiva emissão de gases de efeito estufa é o principal objetivo do Protocolo de Kyoto. O Brasil pode contribuir para que esse objetivo seja alcançado através da preservação das florestas nativas e da implantação de projetos de reflorestamento.

a) Explique como a manutenção e/ou replantio dessas florestas pode contribuir para a redução do efeito estufa.
b) Em decorrência do grande número de queimadas, o Brasil aparece como um dos países que mais contribui para o aumento do efeito estufa. As queimadas naturais, todavia, são importantes em alguns ecossistemas, como no Cerrado Brasileiro. Apresente uma vantagem das queimadas naturais, que ocorrem em menor freqüência, e uma desvantagem das queimadas não-naturais, geralmente muito freqüentes. (Atenção: desconsidere a contribuição dessas queimadas para o aumento do efeito estufa).
c) A substituição dos gases clorofluorcarbono (CFCs) utilizados em aerossóis, condicionadores de ar e geladeiras, vem sendo estimulada por ambientalistas desde a realização do Protocolo de Montreal, em 1987. Qual é a ação dos CFCs na atmosfera e qual é a importância da redução na utilização desses gases para os seres vivos?

resposta:a) As plantas através do processo de fotossíntese captam o CO‚ da atmosfera promovendo a redução deste gás que é um dos principais contribuintes para o efeito estufa.

b) Vantagem das queimadas naturais: Podem contribuir para a reciclagem de minerais do solo ou favorecer a seleção natural da espécie adaptadas ao fogo.

Desvantagem das queimadas não-naturais: Podem provocar extinção da microbiota, empobrecimento do solo, dentre outros, desencadeando processos erosivos.

c) Ação na atmosfera: Destruição da camada de Ozônio.

Importância da redução para os seres vivos: Manutenção da camada de ozônio que protege os seres vivos dos efeitos nocivos de raios ultra-violetas provenientes do sol, tais como câncer de pele e catarata.

origem:Ufjf-2006
tópico:
Biologia (não classificadas)

sub-grupo:

pergunta:As figuras a seguir representam estruturas para trocas gasosas observadas em diferentes animais.




a) As brânquias são órgãos respiratórios típicos de ambientes aquáticos e as traquéias e os pulmões são típicos de ambientes terrestres.
Considerando a forma e o funcionamento das brânquias, das traquéias e dos pulmões, justifique a afirmativa anterior.
b) Explique por que o sistema circulatório não interfere diretamente no funcionamento do sistema respiratório dos insetos terrestres.
c) Animais endotérmicos apresentam, em geral, maior taxa de consumo de oxigênio do que os animais ectotérmicos. Explique por que isso ocorre.

resposta:a) Brânquias no ambiente aquático: as brânquias são projeções externas do tegumento, ricas em capilares sangüíneos e que retiram, por difusão, o oxigênio dissolvido na água.
Traquéias no ambiente terrestre: as traquéias são invaginações da epiderme em forma de tubos ramificados nos quais se dá a oxigenação das células pelo ar atmosférico.
Pulmões no ambiente terrestre: os pulmões são órgãos internos com superfície muito vascularizada, adaptados à absorção do oxigênio do ar atmosférico.

b) Porque na respiração nos insetos terrestres, o oxigênio é levado diretamente às células através das ramificações da traquéia, sem que haja seu transporte por pigmentos respiratórios do sangue.

c) Animais endodérmicos demandam maior atividade metabólica para a produção de calor que controla internamente a temperatura do corpo, o que exige maior consumo de oxigênio, que é o aceptor final de hidrogênios na cadeia respiratória.

origem:Ufjf-2006
tópico:
Biologia (não classificadas)

sub-grupo:

pergunta:Em muitas plantas, a floração é controlada pelo fotoperíodo, sendo as espécies classificadas como plantas de dias curtos (PDC) ou plantas de dias longos (PDL). Observe a figura a seguir, que ilustra um experimento realizado com PDC e PDL, e responda:




a) Qual a classificação fotoperiódica (PDC ou PDL) das plantas das espécies A e B, considerando os resultados obtidos nos experimentos?
b) O que representa o fotoperíodo crítico para as plantas fotoperiódicas?
c) Explique como é possível a ocorrência de florescimento das plantas A e das plantas B em uma mesma localidade, na mesma época do ano.

resposta:a) Plantas A: Plantas de dia curto (PDC)
Plantas B: Plantas de dia longo (PDL)

b) Para as PDC, é o número mínimo de horas de escuro necessário para floração e, para as PDL, é o número máximo de horas de escuro.

c) Em fotoperíodo de 12 horas de luz e de escuro, condição em que o fotoperíodo crítico é atingido para ambas.

origem:Ufjf-2006
tópico:
Biologia (não classificadas)

sub-grupo:

pergunta:Dentre os diversos desequilíbrios ambientais decorrentes de atividades humanas, podemos destacar o aumento do efeito estufa e a chuva ácida.
a) Apresente uma causa e uma conseqüência de cada um desses problemas ambientais.
b) Outros desequilíbrios ambientais, verificados nos mais diversos ecossistemas, ocorrem de maneira natural, independente da interferência dos seres humanos. Apresente um exemplo de desequilíbrio natural possível e duas conseqüências do mesmo para os seres vivos.

resposta:a) Aumento do efeito estufa
Causa - Liberação de gases (CO‚, CH„, NO‚, CFC) em decorrência de queima de combustíveis fósseis, queimadas, entre outros.
Conseqüência - Uma dentre: aumento da temperatura global, derretimento de calotas polares ou alterações climáticas.

Chuva ácida
Causa - Poluição da atmosfera com ácidos de N ou S decorrentes de atividade industrial, queima de combustíveis fósseis, etc.
Conseqüência - Uma dentre: corrosão de monumentos, contaminação do solo e corpos d água, morte de animais e danos à vegetação pela acidez da H‚O.

b) Exemplo de desequilíbrio natural - Um dentre: Eutrofização, Maré Vermelha ou catástrofes como: erupção vulcânica, terremotos, maremotos, extinção de espécies e introdução de espécie exótica, queimadas naturais, seca.
Conseqüência 1 e Conseqüência 2
Foram aceitas conseqüências como: morte, destruição de habitat, poluição da atmosfera, migrações, entre outras, diretamente relacionadas aos exemplos apresentados.

origem:Ufjf-2006
tópico:
Biologia (não classificadas)

sub-grupo:

pergunta:As figuras a seguir mostram relações tróficas em duas comunidades (A e B). Utilize as figuras para responder aos itens que se seguem:




a) A comunidade A corresponde a uma rede trófica e a comunidade B corresponde a uma cadeia trófica. Explique essa afirmativa.
b) Qual das duas comunidades continuará funcionando após a perda de uma população de organismos consumidores? Justifique sua resposta.
c) No caso da comunidade A ser contaminada por um metal pesado, qual animal irá apresentar maior concentração desse poluente? Justifique sua resposta.

resposta:a) Uma rede trófica é caracterizada por apresentar consumidores com alimentação variada, ou seja, ocupando mais de um nível trófico. Na cadeia trófica, os consumidores ocupam somente um nível trófico, possuindo, portanto, uma alimentação mais específica.
b) Comunidade A, pois é a comunidade com consumidores ocupando mais de um nível trófico. Portanto, caso um consumidor seja eliminado, outro poderá realizar sua função trófica.
c) Animal: A ave.
Justificativa: O metal pesado aumenta nos organismos ao longo da rede trófica e o organismo do último nível trófico acaba absorvendo doses mais elevadas desse produto tóxico.

origem:Ufjf-2006
tópico:
Biologia (não classificadas)

sub-grupo:

pergunta:As videiras podem produzir uvas de coloração vermelha, vinho, rosa e amarela. O cruzamento entre plantas com esses fenótipos produziu as seguintes proles na geração F1.




Com base nos resultados apresentados, responda ao que se pede:
a) Quantos alelos estão envolvidos na determinação do caráter cor de fruto e qual a relação de dominância entre eles?
b) Qual a proporção genotípica e fenotípica do cruzamento entre plantas de fruto vinho do cruzamento parental (2) com plantas de fruto vinho do cruzamento parental (4)?
c) Quantas plantas com frutos amarelos serão geradas, a partir de 200 sementes oriundas do cruzamento entre plantas de frutos vinho do cruzamento parental (4) com plantas de frutos rosa do cruzamento parental (2)?

resposta:a) Quatro alelos, sendo A¢ responsável pela cor vermelha, A£ pela cor vinho, A¤ pela cor rosa e A¥ pela cor amarela.
A relação de dominância é A¢ dominante sobre A£, que é dominante sobre A¤ que, por sua vez, é dominante sobre A¥ (A¢ > A£ > A¤ > A¥).
b) Cruzamento 1
A£A¤ × A£A¤ ë Proporção genotípica: 1A£A£ : 2A£A¤ : 1A¤A¤
Proporção fenotípica: 3 vinho : 1 rosa

Cruzamento 2
A£A¥ × A£A¤ ë Proporção genotípica: 1A£A£ : 1A£A¤ : 1A£A¥ : 1A¤A¥
Proporção fenotípica: 3 vinho : 1 rosa

c) Cruzamentos
A£A¤ × A¤A¤ ë Proporção genotípica: 1A£A¤ : 1A¤A¤
Proporção fenotípica: 3 vinho : 1 rosa

A£A¤ × A¤A¥ ë Proporção genotípica: 1A£A¤ : 1A£A¥ : 1A¤A¤ : 1A¤A¥
Proporção fenotípica: 1 vinho : 1 rosa

Considerando os cruzamentos possíveis, não são produzidas plantas com frutos amarelos.

origem:Ufjf-2006
tópico:
Biologia (não classificadas)

sub-grupo:

pergunta:Leia os itens a seguir, que se referem às glândulas, e responda:
a) Os hormônios, produzidos pelas glândulas endócrinas, atuam, especificamente, sobre alguns tipos de células, denominadas células-alvo. O glucagon e a adrenalina são hormônios que estimulam a quebra de glicogênio, respectivamente, no fígado e nos músculos cardíaco e esquelético. Embora esses hormônios estimulem a quebra de glicogênio, explique como eles são capazes de reconhecer as células-alvo específicas em órgãos e tecidos distintos.
b) Quando uma pessoa vivencia uma situação de perigo, o sistema nervoso estimula as glândulas adrenais a liberarem adrenalina no sangue, que irá promover a quebra de glicogênio. Explique a importância da quebra do glicogênio para o organismo, numa situação de perigo.
c) O pâncreas desempenha funções endócrina e exócrina. Justifique essa afirmativa.

resposta:a) O reconhecimento se deve à presença de receptores específicos a estes hormônios na membrana plasmática das células-alvo.
b) A quebra do glicogênio nas células musculares cardíaca e esquelética promove a liberação de glicose que será utilizada no processo de respiração celular para a produção de ATP, que será utilizado como energia pelo organismo para responder a uma situação de perigo.
c) Desempenha função endócrina ao liberar insulina e glucagon na corrente sanguínea; e desempenha função exócrina ao liberar enzimas digestivas em ductos que desembocam no duodeno.

origem:Ufjf-2006
tópico:
Biologia (não classificadas)

sub-grupo:

pergunta:A evolução é decorrente da alteração das freqüências gênicas nas populações naturais. Analise as afirmativas a seguir sobre mecanismos relacionados à evolução das espécies:

I. A mutação é a fonte primária de novos genes.
II. A seleção natural altera as freqüências dos genes favorecendo os mais aptos.
III. A deriva genética é a saída de indivíduos de uma população para outra.
IV. A migração promove a hibridação de espécies aparentadas.

Estão CORRETAS as afirmativas:
a) I e II.
b) I, II e III.
c) I, III e IV.
d) II e IV.
e) II, III e IV.

resposta:[A]

origem:Ufjf-2006
tópico:
Biologia (não classificadas)

sub-grupo:

pergunta:Numa Reserva Biológica, onde conviviam cotias e lebres, foram introduzidos alguns casais de onça. Recentemente, o levantamento das populações de cotias, lebres e onças nessa Reserva revelou os resultados apresentados a seguir.




Analise o gráfico e assinale a alternativa CORRETA:
a) A introdução das onças não produz alterações nas populações de cotias e lebres.
b) A relação ecológica entre cotias e lebres é de competição.
c) As lebres são eliminadas da reserva por competição interespecífica.
d) As onças apresentam relação harmônica com as lebres e as cotias.
e) As onças e as cotias fazem parte de um mesmo nível trófico.

resposta:[B]

origem:Ufjf-2006
tópico:
Biologia (não classificadas)

sub-grupo:

pergunta:Um dos motivos para que se recomende a utilização de leguminosas na recuperação de áreas degradadas é a possibilidade de essas plantas se associarem a determinadas bactérias, permitindo que elas possam:
a) aumentar a solubilização do fósforo pela produção de fosfatases.
b) reduzir a perda de água e aumentar a fotorrespiração.
c) utilizar o nitrogênio atmosférico como fonte primária para a produção de aminoácidos.
d) aumentar a absorção do alumínio e do manganês.
e) reduzir a acidez do solo e aumentar o tamanho das raízes.

resposta:[C]

origem:Ufjf-2006
tópico:
Biologia (não classificadas)

sub-grupo:

pergunta:Em bovinos, a pelagem colorida é determinada pelo alelo H, enquanto o alelo h determina a pelagem branca. Outro gene determina a pigmentação da pelagem na cor vermelha (b) ou preta (B). O cruzamento entre um touro de pelagem preta (HhBb) com uma vaca de pelagem preta (HhBb) produzirá uma prole com:
a) 100% de animais com pelagem preta, pois o gene para a cor é dominante.
b) 100% de animais com pelagem branca, pois o gene para a cor é epistático.
c) 12 animais com pelagem branca : 1 com pelagem vermelha : 3 com pelagem preta.
d) 4 animais com pelagem branca : 3 com pelagem vermelha : 9 com pelagem preta.
e) 9 animais com pelagem preta : 7 com pelagem vermelha.

resposta:[D]

 


anatomia sistema circulatorio